quarta-feira, 27 de fevereiro de 2008

Ragnarok-Mitologia Nórdica

Na mitologia nórdica, Ragnarök (Destino Final dos Deuses) é a batalha que levará ao fim do Mundo (igual ao apocalipse no cristianismo), na região de Midgard. Será travada entre os deuses ( Aesires e Vanires, liderado por Odin) e as forças do mal (os gigantes de fogo, os Jotuns entre outros monstros, liderados por Loki). Esta batalha não levaria apenas à destruição dos deuses, gigantes e monstros: o próprio universo seria despedaçado irreversivelmente em partes.

Estes dois grupos foram rivais desde o início dos tempos, mas os Aesir conseguiram ao longo de sua existência, prender alguns dos principais gigantes e o própio Loki, que ficou atado em tortura eterna numa caverna. Mas pela influência das mentiras de Loki, Rune-Midgard começa a sofrer grandes males, como um rigoroso inverno, batalhas e caos entre os seres humanos.

O sol e a lua -Sol e Mani- são finalmente consumidos pelos dois lobos místicos, Skoll, perseguidor do Sol, e Hati, perseguidor da Lua (ou Mani). Estes lobos, de acordo com a mitologia, são os causadores dos eclipses solares e lunares. Quando Sol e Mani são devorados pelos lobos, a terra treme, e assim vários seres, incluindo Loki e Fenrir (um de seus muitos filhos, um gigantesco lobo) são soltos, desencadeando o Ragnarök.

Os Aesir, alertados, juntam-se aos Einhejar, os valorosos guerreiros mortos, e aos vanas, os espíritos naturais, e rumam ao campo de Vigrid, onde há muito tempo havia sido predito que a última batalha tomaria forma.

De um lado, os Aesir, Vanas e Einhejar, e do outro os gigantes do gelo, o exército de mortos de Hel (deusa do inferno)e Loki e seus seguidores. Uma grande batalha acontece, marcando o fim dos deuses e dos gigantes: Odin é morto por Fenrir, mas o fere mortalmente; Thor mata Jomungard, a serpente gigante que habita os mares de Midgard, mas é envenenado por ela; Loki é morto e mata Heimdall, um dos mais valentes Aesir.

O céu escurece e as estrelas caem em Midgard, que é consumido pelo fogo e depois tragada pelo mar. Pouco dos antigos Aesir sobrevivem, e o Ragnarök destrói também Midgard. Das ruinas da batalha, um novo sol subirá aos céus, e uma nova terra se erguerá dos mares. Lif e Lifthrasir, os dois únicos humanos sobreviventes,que se esconderam sob as raízes de Yggdrasil, a árvore que sustentava os nove mundos, repovoarão o mundo, agora livre de seus males, num tempo de harmonia entre deuses e homens.

VOCABULARIO [Mitologia Nordica]:

Ragnarök: [Batalha dos Deuses] é a batalha que levará ao fim do Mundo (de forma semelhante ao Apocalipse), na região de Midgard.].

Midgard: Nome do reino dos humanos na mitologia nórdica [Um dos 9 mundos na Mitologia nordica].

Niflheim: Reino do gelo e do frio na mitologia nórdica [Um dos 9 mundos na Mitologia nordica].

Valhala: Local onde os guerreiros vikings eram recebidos após terem morrido, com honra, em batalha.

Yggdrasil: Uma árvore que era o eixo do mundo.

Valquiria: Belas jovens mulheres louras de olhos azuis, que montadas em cavalos alados e armadas com elmos e lanças, sobrevoavam os campos de batalha escolhendo quais guerreiros, os mais bravos, recém-abatidos entrariam no Valhala.

Brynhild ou Brynhildr Valquiria original correspodente de "Batalha".

Skogul: Valquiria ["Batalha"].

Hrist: Valquiria ["A agitadora"].

Gondul ou Göndul: Valquiria ["varinha encantada" ou "lobisomem"].

Odin: Maior dos deuses vikings.

Freya: É a Deusa-Mãe da dinastia de Vanir na mitologia nórdica.

Frigg: Esposa de Odin.

Vidar: Um dos filhos de Odin.

Thor: Thor é o deus do trovão da mitologia nórdica [Filho de Odin].

Tyr: Deus do Combate.

Bragi: Deus da Poesia e Sabedoria.

Mjolnir: é o martelo do deus Thor, da mitologia nórdica. Seu nome significa "aquilo que esmaga".

Gladsheim: é um reino em Asgard onde é situado o Valhala, o reino de Odin.

Sleipnir: é a montaria mágica de Odin.

5 comentários:

Anthony L. Paiva disse...

Olá amigo estou muito interessado na mitologia nórdica poderia responder uma dúvida?

Bom não entendi muito bem o ragnarock já aconteceu? Poderia me explicar melhor?

Anthony L. Paiva disse...

Olá amigo estou muito interessado na mitologia nórdica poderia responder uma dúvida?

Bom não entendi muito bem o ragnarock já aconteceu? Poderia me explicar melhor?

Unknown disse...

Na verdade o Ragnarok é o fim do nosso mundo na mitologia, ou seja o apocalipse. E isso ainda n teria acontecido(Ragnarok) de acordo com profecias nórdicas

Caio Fava disse...

Não necessariamente um fim, mas uma mudança, é o fim a era de Ódin, e o inicio de uma era do caos, Visto que Vidar mesmo liderando os deuses, teria de viver com os demais as escondidas, até que pudessem novamente ascender com força contra os gigantes. A Yggdrasil queima e muitos reinos são quebrados, dentre eles Midgard. A aqueles que acreditam que isso já ocorreu, e que isso foi durante as cruzadas, quando toda crença pagã foi expurgada do mundo. onde o paganismo nórdico teve de se tornar uma pratica isolado e escondida, naquela época o mundo mudou, e ruiu em diversas batalhas, e os deuses ficaram em silencio, pois não era o momento de agirem. Muitos contam que Vali o antigo deus da vingança foi incumbido por Vidar a uma nova runa, segundo as lendas Vali agora era o deus da fé pagã, e era tarefa dele vir a midgard, e manter o paganismo nórdico vivo, mesmo nesses tempos complicados, para que um dia quando os deuses retornassem, nós estaríamos aqui os esperando.

O Ragnarok é um dos momentos mais problemáticos da nossa crença, mas não é o fim, e só um novo começo, faz parte da vida a reciclagem, nascer, viver e morrer. O fogo veio para queimar o velho, mas inevitavelmente a vida mante a semente para que algo ainda maior e mais glorioso cresça.

Segundo o que sei, Vidar sobrevive junto do irmão Vali (Vidar se torna o novos líder dos deuses após vingar o pai matando Fenrir), Magni e Modi filhos de Thor também os acompanham, mais tarde Balder e Hodi (talvez junto de Nana) retornam do Hel vivos junto de outros habitantes do hel que não estavam no ragnarok.Dai em diante pouco se sabe, apenas que uma novo panteão nasceria com o tempo, visto que a yggdrasil renasceria ainda mais forte e mais abrangente, e suas raízes não apenas tocariam os novo mundos rachados, mais outros tmb, a arvore não é apenas uma fonte de energia que alimenta os mundos mas a ponte entre eles. A queda não necessariamente destrói os mundos, mas os deixa cada vez mais fracos, e dificulta muito o contado entre eles, visto que não a ligação.

Karina Oliveira disse...

Existem muitos tipos de mitologia, dependendo da região e do tempo histórico. Minha parte favorita deste tema são as criaturas fantásticas! Há do mais terno ao mais perigoso. Alguns dias atrás eu vi o filme Animais Fantásticos e Onde Habitam e adorei! Se você é fã de mitologia, acho que você estará interessado neste filme, eu recomendo! ❤️